Blog

Propósito: O caminho consciente e inteligente

Propósito é o que diferencia. Mais do que o lucro. As decisões de contratação, remuneração, seleção de colaboradores e fornecedores sempre respeitam seu propósito. 

Cultura Consciente: por que ela é importante para o seu negócio?

Quando os negócios são liderados por pessoas impulsionadas pelo propósito evolutivo da empresa, criam um ambiente corporativo mais humanizado e seguro psicologicamente. Assim, o time cria valor para todos os stakeholders. Confiança, paz, felicidade, respeito e solidariedade são vivenciadas e alavancam feitos de impacto para sociedade. 

Juntos podemos ir mais rápido?

Em algum momento de nossas vidas ouvimos o provérbio africano: “Se você quer ir rápido, vá sozinho. Se quiser ir longe, vá acompanhado”. Será mesmo que acompanhados perdemos velocidade? Será que para irmos juntos precisamos pagar um preço, e este seria a perda da agilidade?

Dia Nacional de Conscientização sobre as Mudanças Climáticas

O planeta está esquentando e não existe plano B. Todos nós podemos e precisamos contribuir no combate à crise climática. Este é o chamado do Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas (16 de março), data criada em 2011 para chamar a atenção da sociedade brasileira sobre esse desafio cada vez mais urgente. Vamos agir pelo clima?

5 temas para ficar de olho em 2023

Selecionamos cinco tópicos atuais e urgentes relacionados ao consumo consciente e à sustentabilidade que vão gerar cada vez mais debates na sociedade — e que todos nós precisamos acompanhar de perto.

A gestão humanizada transforma vidas

Tudo começa com as pessoas que estão liderando a organização. São elas que vão fazer os colaboradores vivenciarem a paixão por estarem trabalhando ali. As pessoas são cheias de vida! As lideranças mais humanizadas entendem que cuidar deste ser humano é o que fará florescer, dentro de cada colaborador, a paixão por servir à organização e se desenvolver como profissional.

Os muitos caminhos de impacto do Capitalismo Consciente

A proposta do Capitalismo Consciente traz a tônica essa bandeira de reflexão, sobre o papel das organizações na sociedade. Não se trata de ter ou não lucro, porque sim…as empresas precisam ter lucros e serem sustentáveis, mas a discussão é sobre o “como” e a “perenidade”, seu “impacto no mundo”.