Auditório Capitalismo Consciente – HSM EXPO 2017 – 1º dia

Rony Meisler (Presidente ICCB) e Hugo Bethlem (Diretor Geral ICCB). Veja mais fotos aqui!

Olá,

Tivemos este mês uma semana de muito agito e elevação da consciência no evento HSM Expo 2017, reputado como maior evento de liderança e gestão da América Latina. De 6 a 8 de novembro, estivemos em um lindo espaço de 250m², o Auditório do Capitalismo Consciente Brasil e, ao longo destes três dias, recebemos 11 painelistas, em nove painéis incríveis, mostrando várias iniciativas empresariais conscientes. Neste texto de hoje, vou falar sobre o primeiro dia do evento.

De manhã, recebemos Valeria Michel, diretora de Sustentabilidade da Tetra Pack, que falou dos desafios da empresa em relação à educação da população quanto à reciclagem, sobre como o material das embalagens da Tetra Pack podem gerar riqueza para pessoas e empresas e, assim, transformar vidas.

Seguimos com Daniel Izzo, da Vox Capital, e Bernardo Bonjean, da Avante, que representam, respectivamente, um exemplo de investidor em negócios de impacto e uma empresa de impacto investida.

É importante destacar que a Vox Capital só aceita investir em empresas que tenham uma proposta efetiva de melhoria da vida de comunidades de baixa renda e essas empresas têm que fazer o “pitch” no local para os potenciais usuários.

Na experiência da Avante, empresa que gera soluções financeiras para empreendedores de baixa renda, o trabalho fundamental é dos agentes: pessoas que vivenciam uma semana na casa do empreendedor com o intuito de entender a sua real necessidade. A Avante tem um CLO, Chief Love Officer, e vão aprendendo a cada dia, pois, como diz Eduardo Galeano: “Não ter medo de errar gera mais criatividade”.

Nós fechamos esse primeiro dia com a incrível mensagem inspiradora do nosso querido presidente do ICCB, Rony Meisler, fundador e CEO da Reserva. Ele fez uma apresentação sobre o “Rebeldes têm Asas”, o livro de negócios mais vendido do Brasil, e destacou a importância do propósito para geração de maiores resultados e engajamento. O propósito da Reserva traduz a ideia de ser amigo, além de marca, e dar afeto às pessoas e tem quatro stakeholders prioritários:

1) Nossas Pessoas, em 1º Lugar: muda-se a vida dos empregados não só por meio de salário e bônus, mas principalmente com vontade, emoção e empatia, realizando sonhos.

2) Consumidores: transforma-se clientes em amigos. “Não seremos perfeitos, mas sempre honestos.”

3) Fornecedores: valoriza-se o nacional. 93% do que produzem vêm de fornecedores brasileiros. É mais caro, mais trabalhoso e mais justo, pois gera riqueza para o país.

4) Comunidades: criou-se o programa 1P 5P que para cada peça de roupa vendida, a Reserva doa o equivalente a cinco pratos de comida para quem tem fome. Esse programa foi criado, pois, 52 milhões de brasileiros não sabem se comerão hoje e infelizmente 10 milhões não comerão.

Como é possível notar, o primeiro dia no Auditório do Capitalismo Consciente foi repleto de exemplos inspiradores. E, como bem diz o presidente do ICCB, Rony Meisler: “Se o conselho é bom, o exemplo arrasta”.

Semana que vem, contarei um pouco sobre o segundo dia dessa incrível jornada.

Abraço carinhoso,

Hugo Bethlem

#AuditórioCapitalismoConsciente #HSMEXPO2017 #RonyMeisler #DanielIzzo #BernardoBonjean #ValeriaMichel

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe seu comentário

Posts recentes

Mapas, quando precisamos de bússola

Esta semana fui impactado por uma reflexão sobre a importância do mapa e da bússola em uma jornada. A provocação partiu de Julia Tolezano da Veiga Faria, escritora, influencer e jornalista, também conhecida como Jout Jout. Proponho extrapolar e ampliar a reflexão neste artigo.

A revolução das relações

Vivemos um importante período de transição que nos convida a MUDAR a forma como nos relacionamos com nós mesmos e com o mundo. Isto porque a consciência que criou o mundo que vivemos hoje não pode ser a mesma que nos ajudará a criar o futuro.

Embaixador(a) I

R$ 0,00