Desafios e experiências da liderança consciente

Para além das transformações e novas visões de liderança, é importante refletir sobre diversidade e equilíbrio no mercado de trabalho.

A liderança de si, tema do primeiro dia do II Fórum Brasileiro do Capitalismo Consciente, promovido pelo Instituto Capitalismo Consciente Brasil (ICCB), é um assunto muito importante quando abordamos os desafios e experiências de liderança consciente. Cristina Palmaka, presidente da SAP América Latina e Caribe, e Gustavo Werneck, CEO da Gerdau, foram convidados a discutir sobre o tema, com a mediação de Graziela Merlina, diretora de Educação do ICCB.

Para Graziela, o líder que você é, é a pessoa que você é. “A transformação, autenticidade, honrar quem já fomos e, principalmente, o desafio dentro da organização para ser enfrentado, é um equilíbrio dinâmico para tomar a melhor decisão como líder, porém, manter também o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional”, reforça Cristina Palmaka.

Não só o impacto da liderança para a sociedade, colaboradores e clientes, mas também o compromisso com a Diversidade e Inclusão ganham maior visibilidade. Segundo Werneck e Palmaka, dando espaço para todos, o despertar da liderança e da conscientização traz um  novo olhar para o próximo, o líder precisa ter essa visão do que falta na organização, ajudando a preparar a evolução e transformação da companhia como um todo.

“Através das mudanças de nossas crenças precisamos fazer as mudanças no nosso dia a dia. De forma simples e pragmática”, diz Werneck. De forma complementar, Cristina Palmaka deu ênfase na empatia que o líder deve ter com seus funcionários e para mudar as visões, de forma aberta, transparente e justa para o crescimento organizacional.

A gravação completa desta fala está disponível no App Consciente, exclusivo a todos os associados do Capitalismo Consciente. Você pode se associar gratuitamente e ter acesso a este e muitos outros conteúdos.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe seu comentário

Posts recentes

Mapas, quando precisamos de bússola

Esta semana fui impactado por uma reflexão sobre a importância do mapa e da bússola em uma jornada. A provocação partiu de Julia Tolezano da Veiga Faria, escritora, influencer e jornalista, também conhecida como Jout Jout. Proponho extrapolar e ampliar a reflexão neste artigo.

A revolução das relações

Vivemos um importante período de transição que nos convida a MUDAR a forma como nos relacionamos com nós mesmos e com o mundo. Isto porque a consciência que criou o mundo que vivemos hoje não pode ser a mesma que nos ajudará a criar o futuro.

Embaixador(a) I

R$ 0,00