O envelhecimento da população e seus impactos sociais 

São Paulo, 23 de agosto de 2023 – O Censo 2022 causou impacto ao revelar dados sobre o envelhecimento populacional. Nossa população encolheu 6,45%, ou seja, quase 5 milhões abaixo da estimativa do IBGE, que atribui o fato aos níveis reduzidos de nascimento, migração para fora do país e queda da taxa de mortalidade. Estamos seguindo para um país com cidadãos com maior idade cronológica que jovens. O desequilíbrio entre as faixas etárias chamamos de envelhecimento populacional. Esse fenômeno atinge a maioria dos países do mundo e como qualquer desequilíbrio, chama atenção de governos e sociedade. Uma das principais implicações desse envelhecimento populacional é a mudança na estrutura da pirâmide etária. A transformação tem impactos significativos na sociedade.

No âmbito da economia, a diminuição da população em idade ativa pode afetar a força de trabalho e a produtividade da empresa e do país. Além disso, a demanda por serviços de saúde, cuidados de longo prazo e aposentadoria aumentará, gerando desafios para o sistema previdenciário e de saúde. Na questão social, com menos pessoas em idade ativa há a diminuição na oferta de força de trabalho, o que pode afetar a produtividade e o crescimento econômico. Os três principais motivos são: o preconceito etário, que coloca pessoas com 50 anos ou mais fora do mercado de trabalho; o aumento das taxas de aposentadoria compulsória; e a diminuição da capacidade de trabalho.

Essa redução da força de trabalho pode levar a uma escassez de habilidades em determinados setores da economia, especialmente em áreas que demandam conhecimentos técnicos e especializados. É preciso pensar estrategicamente na capacitação desses profissionais em novas tecnologias, processos e em soluções para a questão que pode envolver até mais do que o aumento da idade de aposentadoria, o estímulo à previdência complementar e a promoção de políticas que incentivem a permanência desses profissionais no mercado de trabalho.

Apesar dos desafios, o envelhecimento populacional traz oportunidades para o desenvolvimento de setores específicos da economia brasileira. Há uma demanda crescente por produtos e serviços voltados para esse segmento. Setores como saúde, cuidados de longo prazo, turismo voltado para a terceira idade, tecnologia assistiva e produtos de bem-estar podem se beneficiar. Empresas que se adaptarem e oferecerem soluções inovadoras para atender às necessidades desse público podem encontrar novos nichos de mercado e impulsionar o crescimento econômico.

O tema também cria oportunidades para os setores de inovação. As empresas podem e devem usufruir do envelhecimento populacional em suas equipes de inovação. A diversidade geracional é crucial para impulsionar a criatividade, o pensamento inovador e o sucesso dos projetos, trazendo para empresa benefícios como: experiência e conhecimento, pensamento estratégico, resolução de problemas complexos, colaboração intergeracional e empatia com o público-alvo. 

Em suas equipes de inovação, as empresas devem adotar uma abordagem inclusiva e valorizar a diversidade geracional., implementando programas de mentorias reversas que incentivam a troca de conhecimentos entre gerações, promovendo a cultura de valorização da experiência e estimular a participação ativa de profissionais maduros em projetos de inovação. Assim, será possível criar uma sociedade mais inclusiva, produtiva e sustentável para todas as gerações. No entanto, ainda é preciso superar a discriminação etária, a falta de oportunidades de emprego e a ausência de políticas públicas efetivas para esse público. O envelhecimento não deve ser um problema e sim uma oportunidade para construir uma sociedade mais inclusiva e resiliente.


Sobre Cris Sabbag 

Cristina Sabbag é CDO (Chief Diversity Officer) e sócia e principal Research da Talento Sênior – empresa do grupo Talento Incluir, empresa de Talent as a Service focada em profissionais com mais de 45 anos.

Sobre a Talento Sênior 

A Talento Sênior é uma empresa de Talent as a Service, que atua na contratação de profissionais 45+ sob demanda. Uma empresa do Grupo Talento Incluir, que gera impacto social a partir de modelos de contratação que impulsionam a inclusão social e econômica de profissionais seniores. Foi finalista do ‘Prêmio Inovação Social da Fundação MAPFRE’, na categoria “Economia Sênior” e é acelerada pela Seniortech Ventures. 


Confira também:

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe seu comentário

Posts recentes

Capitalismo e Governança Multistakeholder: Precisamos focar em toda a cadeia de valor!

A proposta da Governança Multistakeholder é compartilhar o poder e o processo de decisão entre as diferentes partes interessadas, fazendo com que esse tipo de Capitalismo seja possível. Ela é feita por meio de um ecossistema interdependente entre todos os stakeholders, no qual mecanismos são desenvolvidos para implementar ações ambientais, sociais, de governança e para o business, utilizando práticas de gerenciamento sustentáveis.

Propósito de vida em ação: Liderando Negócios Conscientes no III Fórum Brasileiro do Capitalismo Consciente

Desafiando o conceito de falso dilema de que “ou você olha o resultado ou você olha a questão do impacto e sustentabilidade”, o executivo ressaltou que é possível integrar resultados financeiros positivos com práticas sustentáveis e impacto social. Ele compartilhou exemplos de empresas que adotaram medidas conscientes e colheram benefícios não apenas reputacionais, mas também financeiros.

Embaixador(a) I

R$ 0,00