ONU PREMIA EMPRESA ASSOCIADA AO CAPITALISMO CONSCIENTE

Cinquenta pequenas e médias empresas (PMEs) de todo o mundo foram anunciadas como as Melhores Pequenas Empresas do concurso “Good Food for All”, realizado em conjunto com o UN Food Systems Summit.

Selecionados entre quase 2.000 inscrições de 135 países, os 50 vencedores apresentaram soluções inspiradoras, diversificadas e impactantes para melhorar o acesso a alimentos saudáveis e sustentáveis.
Cada vencedor foi selecionado pela forma como seu negócio contribui para uma alimentação mais saudável, sustentável e justa para as comunidades que atendem; a força de sua visão para o futuro; e como eles comunicam o impacto atual e futuro de seus negócios.

Essas PMEs de alimentos são revolucionárias silenciosas. Seus fundadores incorporam um grupo mundial em ascensão de empreendedores de alimentos inovadores, motivados por valores e apaixonados pelo o que fazem. Metade são jovens e quase metade são mulheres. As 42 empresas vencedoras estão presentes na Europa e Ásia Central (10); África e Oriente Médio (13); Leste Asiático e Pacífico (10); Sul da Ásia (8); e América do Norte e Latina (9).

A NUU Alimentos é associada ao Capitalismo Consciente e foi uma entre nove empresas das Américas que foi premiada e tem sede no Cerrado Mineiro.“Mudamos as operações para lidar com as mudanças climáticas e criar um impacto positivo para a comunidade, de solo a solo, usando uma incrível raiz brasileira: a mandioca” conta Rafaela Gontijo, CEO e fundadora da NUU

Alimentos.https://www.youtube.com/embed/eEItKPeS2oo?autoplay=0&mute=0&controls=0&origin=https%3A%2F%2Fmanage.wix.com&playsinline=1&showinfo=0&rel=0&iv_load_policy=3&modestbranding=1&enablejsapi=1&widgetid=9

Apesar de sua importância para o futuro dos alimentos, as pequenas empresas raramente são ouvidas no cenário internacional. Esta competição, que incluiu uma pesquisa, capturou suas ambições e necessidades. Estes dados são apresentados em um relatório, “Uma agenda de pequenas empresas para a Cúpula de Sistemas Alimentares da ONU”, que conclama o mundo a apoiar as PMEs como vanguarda de uma revolução alimentar.

Com um ambiente de negócios favorável, incentivos positivos e maior influência, as PMEs podem oferecer um sistema alimentar mais nutritivo, sustentável, equitativo e resiliente. Como parte da cerimônia de anúncio realizada em conjunto com a Pré-Cúpula de Sistemas Alimentares da ONU, outras pequenas empresas ao redor do mundo serão incentivadas a se juntar à convocação para fazer sua parte nesta década de ação, assinando um compromisso.

Veja também:

Referências:https://foodsystems.community/pt/nuu/https://foodsystems.community/pt/winners-of-the-best-small-business-competition/?_sft_category=latin-america-and-carribean

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe seu comentário

Posts recentes

Mapas, quando precisamos de bússola

Esta semana fui impactado por uma reflexão sobre a importância do mapa e da bússola em uma jornada. A provocação partiu de Julia Tolezano da Veiga Faria, escritora, influencer e jornalista, também conhecida como Jout Jout. Proponho extrapolar e ampliar a reflexão neste artigo.

A revolução das relações

Vivemos um importante período de transição que nos convida a MUDAR a forma como nos relacionamos com nós mesmos e com o mundo. Isto porque a consciência que criou o mundo que vivemos hoje não pode ser a mesma que nos ajudará a criar o futuro.

Embaixador(a) I

R$ 0,00