‘Curitiba mais consciente’ irá debater sobre inovação e desenvolvimento sustentável

Evento ocorre nos dias 22 e 23 de agosto na INOVA Business School

Um ecossistema local mais consciente, inovador e engajado com o desenvolvimento sustentável como força motriz para as novas economias é o tema da segunda edição do evento “Curitiba mais Consciente”, que acontece nos dias 22 e 23 de agosto, na INOVA – Business School, em Curitiba (PR).

Promovido pela Filial do Instituto Capitalismo Consciente Brasil (ICCB) de Curitiba, o evento terá palestras, talks, painel de cases e workshops e é direcionado a empresários, investidores, organizações com e sem fins lucrativos, empreendedores, estudantes, professores, lideranças, entre outros, interessados em conhecer um pouco mais sobre capitalismo consciente, as boas práticas das Agendas 2030, ESG e a nova economia.

Com a presença de Hugo Bethlem, presidente do Conselho do ICCB, e Leonardo Lima, conselheiro do ICCB, entre outros palestrantes de renome local, no dia 22, o evento abordará em sua programação os temas: O poder de transformação e impacto dos negócios conscientes e O futuro do mercado – inovação e liderança consciente. Neste dia, também serão apresentados cases transformadores, com negócios que aliam lucro e propósito como a RAC Engenharia e Herbarium Fitoterápicos.

Já no dia 23, o evento discutirá Realidade e tendência para o mercado sob a ótica das novas economias, o contexto do Brasil em sustentabilidade e ESG, entre outros temas. Neste dia, também haverá um Workshop para os participantes interessados.

“Estamos muito felizes com mais essa oportunidade de trazer à pauta assuntos tão poderosos e necessários para o circuito empresarial de Curitiba e região. Será um evento bastante dinâmico e rico para um vasto público atuante nos mais diversos setores da economia”, comenta Simone Hain Venâncio, líder do movimento Capitalismo Consciente em Curitiba (PR).

A primeira edição do “Curitiba mais Consciente” foi realizada em dezembro de 2021 e valorizou personalidades e empresas do ecossistema de Curitiba e do Paraná ao trazer assuntos relativos à Consciência nos negócios e seu papel para a transformação do modelo socioeconômico vigente.

O evento está com inscrições abertas e os ingressos custam entre R$ 40 e 80,00. Mais informações, acesse : https://www.sympla.com.br/evento/ii-curitiba-mais-consciente/1643511

Serviço:

Curitiba mais Consciente

Data: 22 e 23 de agosto de 2022

Local: INOVA Business School (Av. Visconde do Rio Branco, 1488 – Curitiba/PR)

Horário: 17h30 às 21h30 (evento presencial)

Inscrições: https://www.sympla.com.br/evento/ii-curitiba-mais-consciente/1643511

Leia também em:

https://comvcportal.com.br/noticia/30231/curitiba-mais-consciente-evento-debate-sobre-inovacao-e-desenvolvimento-sustentavel
https://jbanoticias.com.br/curitiba-mais-consciente-evento-ira-debater-sobre-inovacao-e-desenvolvimento-sustentavel/
https://busaocuritiba.com/curitiba-mais-consciente-evento-ira-debater-sobre-inovacao-e-desenvolvimento-sustentavel/
https://www.poconeonline.com/gestao-consciente-e-geracao-de-valor-e-tema-da-palestra-promovida-pela-filial-de-cuiaba-instituto-capitalismo-consciente-brasil/

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe seu comentário

Posts recentes

Desmistificando Propósito, Missão, Visão e Valores

O processo de amadurecimento do ecossistema empresarial e do País como um todo depende do despertar da consciência para nossa interdependência e nossa importância (e responsabilidade) neste sistema. Entender, com clareza, nosso Propósito, Missões, Visão e Valores é premissa para entender nossos pontos de contato com outras pessoas e organizações. Neste texto, que não é curto mas é lúdico, utilizo uma estrada como metáfora para colocar de forma prática, cada um destes elementos.

Gerenciamento de Stakeholders e Gerenciamento de Riscos

Todos concordamos que este é um caminho sem volta e que, gerar valor à sociedade por meio de nosso trabalho, de forma alinhada com nossos valores e propósito, faz com que o nosso “ganha pão” seja muito mais motivador. 

Agora vem a pergunta. Como colocar todo esse discurso na prática? 

Defendo a seguinte tese: Processos bem estruturados aliados à tecnologia. 

Embaixador(a) I

R$ 0,00