“Pensar nas relações, novamente, é uma das atividades principais de um líder consciente”, afirma Edward Freeman

Com a teoria dos stakeholders, o autor esteve presente no segundo dia de evento

A liderança consciente é uma das grandes pautas de carreiras nos últimos anos, para isso, o II Fórum do Instituto Capitalismo Consciente Brasileiro teve como foco os jovens líderes e trouxe uma visão de maior consciência para o mercado da liderança. Entre os grandes nomes esteve Edward Freeman, no último dia 20,  palestrando em uma microtalk sobre a Teoria dos Stakeholders.

Professor universitário e Diretor acadêmico do Institute for Business in Society da University of Virginia Darden School of Business, Freeman também é autor do livro “A Stakeholder Approach”, “A abordagem do stakeholder”, em tradução livre. Na microtalk, o especialista falou sobre como líderes e stakeholders podem lidar entre si para convívio e valores conscientes que impactem no negócio e na sociedade.

“As ideias dos stakeholders se conectam à liderança porque precisamos ser líderes de relações e não líderes transacionais. Líderes transacionais tentam entender o que é melhor fazer agora, líderes de relações tentam entender o que é melhor em termos de relações que temos. Essa é a diferença entre tentar satisfazer alguém e tentar entender como construir essa relação, como usar essa transação particular para crescer, avançar nessa relação. Pensar nas relações, novamente, é uma das atividades principais de um líder consciente”, afirma o autor.

A gravação completa desta fala está disponível no App Consciente, exclusivo a todos os associados do Capitalismo Consciente. Você pode se associar gratuitamente e ter acesso a este e muitos outros conteúdos.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe seu comentário

Posts recentes

Mapas, quando precisamos de bússola

Esta semana fui impactado por uma reflexão sobre a importância do mapa e da bússola em uma jornada. A provocação partiu de Julia Tolezano da Veiga Faria, escritora, influencer e jornalista, também conhecida como Jout Jout. Proponho extrapolar e ampliar a reflexão neste artigo.

A revolução das relações

Vivemos um importante período de transição que nos convida a MUDAR a forma como nos relacionamos com nós mesmos e com o mundo. Isto porque a consciência que criou o mundo que vivemos hoje não pode ser a mesma que nos ajudará a criar o futuro.

Embaixador(a) I

R$ 0,00